Entrevistas

Clube do livro e amigos
http://clubedolivro15.blogspot.com.br/2016/06/colaborautoras-entrevista-gika-mendonca.html#comment-form 



1 -O que despertou em você o desejo pela escrita?
Gika Mendonça: Eu sempre gostei muito de escrever. Com 9, 10 anos escrevia e dirigia todas as peças de teatro de fim de ano da escola. Sempre li muito durante a adolescência e era apaixonada pelos livros do Sidney Sheldon. Fiz faculdade de Letras e vários cursos de roteiro e um de escrita criativa.
2- Porque decidiu começar escrevendo crônicas?
Gika Mendonça: Na verdade eu comecei nas crônicas. Já escrevo crônicas desde 2011 no meu blog “O Fantástico Mundo de Gika” e colaborava em um site chamado “Em Neon”. Além das crônicas escrevia roteiros de curtas, seriados o que é bem diferente de literatura. Ao fazer um curso de escrita criativa com o escritor Raphael Montes eu decidi me aventurar nos contos e romances. Tenho O Guarda-chuva vermelho na Amazon e um romance chamado A troca sem data para publicação.
3-Você se considera uma leitora voraz? Qual seu gênero favorito?
Gika Mendonça: Eu amo ler. E sou viciada por livros. Leio um e compro seis, assim precisarei de umas três vidas para ler todos. Mas sou relativamente lenta na leitura, leio de um no máximo dois livros por mês.
4- Qual crônica em Surtando tem maior destaque para você? Por quê?
Gika Mendonça: Gosto de todas, é difícil escolher uma, mas Liberdade pra dentro da cabeça me toca muito.
5- Em quanto tempo escreveu este livro?
Gika Mendonça: O Surtando é compilação das melhores crônicas escritas durante anos. Então foi um processo.
6- O que mudou na sua vida desde que ingressou nesta carreira de escritora?
Gika Mendonça: A minha vida continua a mesma. Continuo fazendo as mesmas coisas e indo aos mesmo lugares. Escrever me deu muitos amigos literários. Alguns virtuais e outros reais. A generosidade de alguns escritores mais antigos nessa caminhada me toca profundamente. A troca com os leitores também é incrível e me emociona muito. Não estou acostumada a receber mensagens de leitores e agora as recebo muito e sempre me tiram o chão. É muito amor.
7- Qual a sua maior inspiração? Você costuma se impor metas?
Gika Mendonça: Minhas inspirações nas crônicas são Martha Medeiros, Tati Bernardi e Fernanda Young. Nos romances sou apaixonada pelo Stephen king, Douglas Adams, Sophie kinsella e Carina Rissi. Tento escrever um pouco todo dia, mas não tenho uma meta de número de palavras ou páginas, deixo fluir.
8- Tem projetos em andamento? Conte-nos um pouco sobre eles.
Gika Mendonça: Além dos dois e-books “O Guarda-chuva vermelho” e “Surtando”, estou preparando um terceiro que se chamará A mulher fiel, que estará na plataforma Amazon ainda em junho e será um conto no estilo Nelson Rodrigues em A vida como ela é. Tenho um romance comedia adulta pronto chamado A Troca esperando uma boa editora para ser publicado. Comecei um novo romance com o título provisório “Um noivo pra ontem” que ainda está bem embrionário e só deverá ficar pronto final de 2016.
9- Deixe uma mensagem especial para os seus leitores, leitores do blog e para aqueles autores que ainda estão engatinhando nesta carreira.
Gika Mendonça: Primeiro agradecer a todos pela oportunidade de falar um pouquinho sobre mim aqui. Segundo dizer um muito obrigada a todos os leitores que compram meus e-books, avaliam, mandam mensagens de carinho e incentivo. Eu escrevo para vocês. Eu sempre falo que o me deixa feliz é saber que alguém vai ler e vai ser tocado pelas minhas palavras. Meus textos são leves, divertidos e espero trazer muita alegria a todos os leitores em tempos tão pesados e sombrios que vivemos. E se você quer escrever, comece com um blog. Faça cursos de escrita. Coloque para fora o que você está sentindo e quer dizer ao mundo sem medo do que vão pensar ou se vão te julgar. Coloque seu texto na Amazon, é um começo. Nada é rápido na escrita e cada degrau de conquista é mágico.